Via Láctea

Name:
Location: Saquarema, Rio de Janeiro, Brazil

Monday, May 02, 2005

fonte...

Meu primeiro post é uma poesia, minha última poesia até agora. Escrevo sempre sobre aquilo que vivo, que vejo, ou sobre o que quero ser...dentro de cada um existe uma fonte, a cor da água e sua pureza depende de cada um, cabe a cada um de nós cuidar de nossas fontes, manter limpo o cristal da graça de Deus, cuidar do jardim e de nossa morada interior... bem de leve essa poesia me remete ao livro de Tereza de Ávila que ainda não terminei de ler "castelos ou moradas interiores". Pra mim o jardim é como um refúgio dentro de mim mesma, lugar onde mesmo com toda a agitação exterior posso encontrar a paz de Deus. Um dia de paz para você!

A fonte
Olho fixo pela janela
Tento me concentrar no que acontece
Mas os quartos da casa estão cheios
Muitas conversas são ouvidas
Ao mesmo tempo
Quando passo pelos corredores.
Desço correndo
Ao jardim no centro da casa
Primeiro andar:
Há uma fonte,
Pássaros cantam,
Parece outro lugar
Não a mesma casa
Faz silêncio...
E a luz que sai do cristal
Que fica no interior da fonte
Ilumina todos os andares.
A casa continua cheia
Mas lá no jardim
Dentro da fonte
Faz silêncio...